LOGO FCT PB

Como chegar

Logo EXPO FCT

Departamento de Ciência dos Materiais

Oferta Educativa

Eletrónica impressa em papel

Ler o futuro no papel electrónico

Nesta atividade vais poder imprimir pistas condutoras e resistências em cima de papel para formares um circuito de modo a acender um LED. Esses circuitos podem ser também usados para criar etiquetas inteligentes integrando sensores de temperatura e mostradores electrocrómicos.

high

 

Nem tudo o que luz é ouro

Nem tudo o que luz é ouro

Alteração da cor de metais com recurso a processos electroquímicos e físicos superficiais. Veja uma moeda de cobre (avermelhada) passar a prateada e depois a dourada.

Vamos educar os materiais

Vamos educar os materiais

Potencialidades das ligas com memória de forma

Poroso ou não poroso

Poroso ou não poroso

Poderá um tijolo ser como uma esponja? Esta experiência permite verificar que nem sempre os sólidos são tão sólidos como parecem.

Algodão que não arde

Algodão que não arde

Todos sabemos que o algodão arde. Mas por vezes as aparências enganam, e este algodão pode ser um aliado para combater o fogo.

Algodão doce sem açúcar!

Algodão doce sem açúcar!

Nesta actividade será possível trabalhar com a técnica de fiação centrífuga para produzir fibras poliméricas. A técnica usa uma máquina semelhante à usada na produção de algodão doce. As fibras produzidas possuem dimensões que vão desde as dezenas de micrómetros aos nanómetros.

Não só as aranhas podem tecer uma teia

A segunda pele do Homem-Aranha

A actividade visa a produção de fibras usando a técnica de electrofiação. Tal como o nome indica, esta técnica usa campos eléctricos para produzir fibras a partir de diversos polímeros. As fibras produzidas possuem dimensões que vão desde as dezenas de nanómetro até alguns micrómetros.

Escrever Materiais com a luz

Escrever Materiais com a luz

Nesta actividade vais poder ver o processo de fotolitografia que permite gravar, padrões, texto ou figuras numa películas de alumínio depositada sobre vidro.

Electrónica transparente e flexível

Electrónica transparente e flexível

Já imaginaste como seria incrível todas as superfícies poderem incorporar electrónica de forma totalmente invisível? Nesta actividade vais ver como o fazemos, recorrendo a materiais sustentáveis e tecnologias amigas do ambiente, por exemplo, para criar mostradores transparentes nas janelas da tua casa ou garrafas inteligentes.

Queres fazer um biossensor de papel?

Queres fazer um biossensor de papel?

Nesta actividade vais poder fazer um biossensor de papel utilizando a tecnologia lab-on-paper e fazer um teste no laboratório. Poderás ainda ver como se fazem estes sensores para testes de diagnóstico da tuberculose e outras de doenças infecciosas.

Ver com electrões, desenhar com iões

Ver com electrões, desenhar com iões

Nesta actividade vais poder ver como funciona um microscópio electrónico de varrimento, onde se usa um feixe de electrões para conseguir ampliações de 1 milhão de vezes. Mais, vais ver que no mesmo microscópio pode usar-se um feixe de iões para remover e depositar materiais à nanoescala, por exemplo para fazer nanotransístores ou simplesmente assinares o teu nome numa única fibra de papel, mais fina que um dos teus cabelos.

Sensores de UV

Sensores de UV

Nesta actividade vais poder dar azo à tua imaginação e desenhar um sensor sensível à radiação UV com uma simples folha de papel, um lápis e nanopartículas de óxido de zinco. Depois de feito podes fazer um teste na presença de radiação ultra violeta. O óxido de zinco, quando exposto à radiação visível não sofre qualquer alteração na sua condutividade eléctrica, no entanto, quando são exposto a radiação UV, apresenta uma elevada fotocondutividade, causada pela absorção de fotões.

Papel com nanopartículas de prata

Papel com nanopartículas de prata

As nanopartículas de prata apresentam propriedades anti-bacterianas que possibilitam a sua aplicação nas áreas da medicina e higiene. Nesta actividade vais ver como se utiliza esta tecnologia nas fibras de celulose de uma folha de papel.

Nanotecnologia

Nanotecnologia

Filme realizado pela União Europeia onde se mostram algumas das aplicações mais relevantes na área das nanotecnologias. O vídeo tem a duração de 25 min e é uma boa ferramenta para a introdução da nanotecnologia pois possui exemplos práticos.

Processamento de Polímeros

Processamento de Polímeros

Os polímeros são materiais formados por moléculas muito longas, constituídas por pequenas unidades (monómeros) repetidas, que são fornecidos sob a forma de grãos ou pó.

Para fabricar objectos úteis com os polímeros torna-se necessário transformar (processar) os pós/grânulos, existindo várias técnicas de que se destacam a injecção, a extrusão e a injecção-sopro.

Neste trabalho ilustra-se o processamento por extrusão, preparando para o efeito uma tira plástica, na extrusora existente no DCM. 

Bateria Musical Electrónica

Bateria Musical Electrónica

Sistema electrónico de simulação de uma bateria musical electrónica. Este sistema é composto pelos elementos de interacção com o utilizador (tambores e pratos) que quando actuados através de uma pequena pancada geram um sinais eléctricos que são interpretados e servem para comandar uma biblioteca de sons através de um mapa MIDI.

Ver como os golfinhos

Ver como os golfinhos

A montagem desta experiência consiste numa sonda de ultra-sons que se encontra conectada a um sistema de mapeamento 2D. Em cada ponto da malha bidimensional é enviado em sinal de ultra-sons e recebido o respectivo eco. Através do eco é calculada a distância da sonda ao objecto e construída uma imagem 3D do fundo subaquático .

Materiais que mudam de cor

Materiais que mudam de cor

Vem ver como podes desenhar padrões com materiais eletrocrómicos que mudam a sua coloração quando sujeitos a um estímulo elétrico